ConexãoIn

Festival de Música da Rádio Educadora FM incentiva talentos baianos com premiação de R$ 200 mil

 

A Concha Acústica foi preenchida de melodia e talento, neste sábado (9), durante o 21º Festival de Música da Rádio Educadora FM, um dos eventos mais aguardados no cenário musical baiano, que reconhece e valoriza o trabalho de artistas locais. O governador Jerônimo Rodrigues prestigiou o evento, realizado pela Rádio Educadora FM, vinculada ao Instituto de Radiodifusão da Bahia (Irdeb), que esteve ano homenageia um dos maiores compositores de samba do Brasil, o baiano Nelson Rufino.

 

O festival se tornou uma tradição, revela talentos e eleva a música baiana a novos patamares. “Sentimos muita falta desses festivais, não só de música, mas de poesia, de cordel. Então, é também uma edição que mantém viva a chama dos festivais, para garantir a oportunidade. O festival é a chance que todos têm de poder se apresentar, de escrever sua arte, nesse caso aqui, sua música, e depois ainda tem as músicas tocadas an rádio”, pontuou o governador.

Jerônimo enalteceu ainda a importância do artista homenageado na edição deste ano. “Outro grande momento dessa noite é  a homenagem ao Nelson Rufino, que, com sua idade, com sua maestria, com sua humildade, contribui para a música popular brasileira de uma forma tão forte, tão intensa”, destacou Jerônimo, que esteve acompanhado da primeira-dama, a professora Tatiana Velloso, da secretária de Educação, Adélia Pinheiro e do secretário de Cultura, Bruno Monteiro.

 

O diretor-geral do Irdeb, Flávio Gonçalves, enfatizou a abrangência desse evento e sua contribuição para o fortalecimento da música na região. As categorias, premiações e, especialmente, a representatividade do homenageado. “Nelson Rufino é o poeta do samba e estamos muito felizes de fazer esta homenagem em vida para ele, que é uma referência do samba na Bahia. Este é o maior festival de música do estado, e que revela muitos talentos”, afirmou Flávio.

Segundo ele, foram 808 músicas inscritas, com 50 finalistas. No total, serão premiadas oito composições. “Além do dinheiro, que é muito importante para quem vive de arte, nós inserimos as canções na programação da rádio, tocadas diariamente”, completou Gonçalves.

 

O intérprete e compositor Tiago Marinho recebeu das mãos do governador Jerônimo Rodrigues o troféu de Melhor Música Instrumental do 21º Festival de Música Educadora FM, pela música ‘Nordeste, meu país’. O artista dividiu a emoção de receber o prêmio. “Estou muito feliz, ainda em êxtase. Não é um processo tão simples, é um processo longo, em que a gente se doa, se entrega. Música pra mim é sentimento. Então, poder representar minha música nordestina, colocar as claves do Candomblé, poder falar um pouco também da minha religião, foi muito importante”, revelou.

 

Nelson Rufino, que celebra quase 60 anos de carreira, foi o homenageado desta edição, compartilhando o palco com artistas renomados como Roberta Sá e Teresa Cristina. Suas contribuições para o universo musical, com sucessos como ‘Todo Menino é um Rei’ e ‘Verdade’, imortalizada na voz de Zeca Pagodinho, serão reverenciadas, ressaltando a importância de festivais que reconhecem e enaltecem trajetórias tão marcantes.

 

O artista, não vacila em afirmar que essa é a homenagem mais bonita que já recebeu na vida. “Que bom que eu estou vivo, aos 81 anos, 47 anos de música, para viver isso. Quero ver novos Batatinhas, Gentis, Pachecos, Valmir Lima, Riachões, Rufinos também, Roques Ferreiras. Então, eu quero ver uma garotada agora”, disse Nelson Rufino, enaltecendo o festival e seus frutos.

Vencedores

A vencedora da categoria Música com Letra mais votada pelo ouvinte do 21º Festival de Música é Mormaço, de composição e interpretação de Jana Cambuí. A vencedora da categoria Música Instrumental mais votada pelo ouvinte foi Jardim Secreto, cuja intérprete e compositora é a artista Roberta Dantas.

Na categoria Melhor Arranjo de Música, o prêmio ficou com De cinema, tendo como intérprete Reudes Nogueira & Orquestra Mettamboru, e composição e arranjo de Reudes Nogueira. Não tem Carnaval venceu a categoria Melhor Arranjo, premiando como intérprete e compositora Riane Mascarenhas, e Felipe Guedes como arranjador.

O intérprete e compositor Luã Almeida levou o prêmio de Melhor Intérprete de Música, com Samba do Cabula. Já o prêmio de Melhor Intérprete de Música com Letra ficou com é Só pra você, de Lore como intérprete e compositora. A vencedora da categoria Melhor Música com Letra ficou com Aroeira, de Murilo Chester, como intérprete e compositor.

A 21° edição do Festival de Música Educadora FM conta com o patrocínio do Conselho Nacional do SESI (CN Sesi), Bahiagás e Caixa Econômica Federal, reforçando o comprometimento de entidades públicas e privadas em apoiar e incentivar a cultura musical na Bahia. O Festival não apenas premia talentos, mas também se destaca como uma vitrine para artistas locais, proporcionando visibilidade e impulsionando suas carreiras.

Fotos: Mateus Pereira/GOVBA

POR: Rita Moraes
Publicado em 10/12/2023