ConexãoIn


Eleições de meio de anos nos EUA de Deputados e Senadores

Os eleitores dos Estados Unidos vão na terça-feira, 8, às urnas para a eleição de meio de mandato no país, as chamadas “midterms”. Haverá a renovação de todos os 435 deputados da Câmara (chamada de Casa dos Representantes) e de 35 senadores (são 100 no total).

As eleições de meio de mandato mudam significativamente os dois últimos anos do mandato do presidente, já que a configuração do Legislativo pode ser alterada e o chefe do Executivo ganhar ou perder apoio.

Além disso, diversos estados vão fazer eleições para governador e eleições para escolher representantes locais.

O que está em jogo é o controle do Congresso e a pauta dos próximos dois anos do governo de Joe Biden.

O Partido Republicano tem uma boa chance de dominar a Câmara, e o Partido Democrata tem um leve favoritismo para manter uma maioria no Senado.

Se os republicanos dominarem a Câmara ou o Senado (ou ambos), eles vão conseguir interromper os projetos de Biden e dos democratas e provavelmente vão fazer inquéritos sobre a gestão do atual presidente.

Voto Distrital

Partido Democrata de Joe Biden domina

O Partido Democrata domina a Câmara: tem 220 deputados, contra 212 do Partido Republicano (os 3 restantes para o total estão vagos devido a morte ou renúncia do ocupante).

No Senado há empate entre Democratas e Republicanos

O Senado tem 50 democratas e 50 republicanos —no entanto, como nos EUA o vice-presidente é também um senador que vota em casos de empate, os democratas também controlam o Senado.

POR: Rita Moraes
Publicado em 05/11/2022