ConexãoIn


El Pavuna apresenta novo disco gravado ao vivo no Beco do Rato

O último Dia Nacional do Samba marcou a estreia de EL PAVUNA no mercado fonográfico, com o lançamento de “Vide o Céu da Zona Norte às Cinco e Meia”. O disco, majoritariamente autoral, traz a participação especial de Jorge Aragão, além de arranjos e produção de Wilson Prateado e, em uma semana de lançamento, teve mais de 100 mil streamings no Spotify. Principal nome na roda de samba “Feirinha do Pavuna” e revelado no projeto “Aos Novos Compositores”, EL PAVUNA mostra ao vivo seu novo trabalho, dia 15, no Beco do Rato. Ele recebe Teresa Cristina, Will Freitas e Cassiana Pérola Negra. 

No repertório, destacam-se principalmente duas linhas, presentes nas composições que EL PAVUNA apresenta no disco: o samba de partido alto, pautado pela alegria, pela brincadeira e pelo bom humor; e o samba canção, declamado e bem romântico, com refrãos que conseguem tocar fundo nos corações. Além das autorais, o show traz clássicos do partido alto e o famoso momento “só vale samba do Aragão”, brincadeira que EL PAVUNA faz, cantando uma sequência de músicas do compositor. 

No palco, EL PAVUNA (voz e banjo) é acompanhando por Jorge Santanna (violão e voz), que assina a direção musical do show; Adauto Hermógenes (cavaquinho e voz); Alex Brignes (tantan e voz); Leandrinho Partideiro (pandeiro e caixa); Leandro Ezequiel (surdo); Gui Rodrigues (bateria) e Paula Pardon (contrabaixo). 

“Estamos construindo uma história bonita e esse é um capítulo muito importante. O repertório do show fará um passeio pelas minhas referências e experiências ao longo da vida. Na plateia estarão amigos, familiares, pessoas envolvidas nessa caminhada e, certamente, novos elos dessa corrente. Por fim, convidados que simbolizam essas fases. Cassiana e Teresa, recordando as belezas do nosso samba, e Will Freitas, dividindo comigo a responsabilidade de apresentar o novo”, conta o cantor e compositor carioca. 

EL PAVUNA nasceu e foi criado no bairro homônimo do Rio de Janeiro, onde mensalmente realiza uma roda de samba gratuita intitulada “Feirinha do Pavuna”, que já faz parte do calendário local. Entretanto, essa é a primeira vez que o jovem cantor e compositor lança um álbum de carreira. “Vide o Céu da Zona Norte às Cinco e Meia” é quase como um enredo escrito, narrado e cantado pelo jovem artista, sobre suas próprias memórias, referências, escolhas e vontades. 

Da relação com o projeto “Aos Novos Compositores”, criado em 2015 e que acontece quinzenalmente no Beco do Rato, na Lapa (RJ), surgiu a ideia de convidar Jorge Aragão, nome consagrado desde a fundação do Grupo Fundo de Quintal, para dividir com EL PAVUNA a faixa que batiza o coletivo de compositores. “Aos Novos Compositores” foi composta por Arlindo Cruz, Acyr Marques e Chiquinho Vírgula, e vigora neste álbum como um pedido de benção para sua aproximação com os bambas. Aquela boa e velha atitude de respeito, tradicionalmente praticada por aqueles que “estão chegando” com aqueles que “já chegaram”. Aragão é uma das maiores influências de EL PAVUNA, e inclusive é citado na letra de uma de suas canções e homenageado no repertório do show. 

Serviço:

EL PAVUNA lança “Vide o Céu da Zona Norte às Cinco e Meia”

Part. Especiais: Teresa Cristina, Will Freita e Cassiana Pérola Negra

Quarta-feira, 15 de dezembro de 2021, a partir das 18h.

Beco do Rato (Rua Joaquim Silva, 11 – Centro)

Ingresso: R$ 20

Vendas online: https://www.sympla.com.br/show-de-lancamento-do-album-vide-o-ceu-da-zona-norte-as-cinco-e-meia-de-el-pavuna__1431323

Álbum: “Vide o Céu da Zona Norte às Cinco e Meia”

Artista: El Pavuna

Participação Especial: Jorge Aragão 

#Conexaoin 

#conectadocomanoticia

POR: Rita Moraes
Publicado em 09/12/2021