ConexãoIn

Daniel Alves da autógrafo na prisão


Após cumprir pena de 14 anos, um homem saiu, nesta quarta-feira, 25, do Brians 2, presídio onde está Daniel Alves, exibindo uma camisa do Barcelona autografada pelo próprio jogador. “Abraço com amor”, escreveu o brasileiro na dedicatória, acrescentando um emoji sorridente.

O lateral está preso preventivamente após ser acusado de agressão sexual. Ele nega as acusações da mulher de 23 anos.

O ex-presidiário disse que ficou com Alves no mesmo módulo prisional, mas que não foi difícil fazê-lo autografar a camisa. A popularidade do novo preso não deixou ninguém indiferente na prisão catalã.

Ao ser solto, o homem disse que ninguém chama Daniel Alves de “estuprador” e mostrou-se cético sobre a acusação de agressão sexual contra uma mulher em 30 de dezembro em um banheiro da boate Sutton, em Barcelona, que levou o jogador à prisão provisória. “Aquele cara tem muitos milhões, pode sair com quem quiser. Embora também possa perder a cabeça.”

Daniel Alves completa, nesta sexta-feira, 27, uma semana de prisão. A nova defesa do jogador de 39 anos, encabeçada pelo advogado Cristóbal Martell, tem até terça-feira, 31, para apresentar recurso na 15ª Vara do Barcelona e pedir a soltura provisória do cliente.

O prazo foi estendido para dar tempo à nova equipe de advogados para revisar o caso que eles assumiram nesta quarta-feira no tribunal. O recurso é mais uma etapa de um processo complexo em que a nova defesa do brasileiro tentará redesenhar a estratégia.

POR: Rita Moraes
Publicado em 26/01/2023