ConexãoIn

Conselho Brasileiro de Oftalmologia promove fórum no Congresso Nacional para discutir melhorias na assistência às doenças da visão

 

Para estimular o debate sobre o aperfeiçoamento da assistência oftalmológica no País junto aos deputados federais, senadores e gestores públicos e privados, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) realiza nesta quinta-feira (15), em Brasília (DF), o VII Fórum Nacional de Saúde Ocular. Durante os debates, expositores abordaram diferentes aspectos relativos ao tema na expectativa de sensibilizar os políticos e os tomadores de decisão sobre o tema.

 

“Decisões importantes sobre o acesso da população brasileira aos cuidados com a saúde ocular acontecem no Poder Legislativo. Por isso, é fundamental que deputados e senadores estejam a par das tendências em médio e longo prazo das causas de baixa visão e cegueira e das possíveis alternativas para ampliação do acesso da população ao atendimento oftalmológico”, assinala o presidente do CBO, Cristiano Caixeta Umbelino.

 

O evento, cuja realização conta com apoio da Frente Parlamentar da Saúde e da Câmara dos Deputados, pretende ser o palco de debates sobre questões como a prevalência de doenças oculares no País, a distribuição dos oftalmologistas em território nacional e o acesso à assistência oftalmológica na rede pública, entre outros pontos. Também serão apresentadas as propostas do CBO para superação dos desafios na área, visando ampliar e qualificar o atendimento da população.

 

Desde 2001, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, entidade representativa dos médicos oftalmologistas brasileiros, realiza periodicamente, eventos com esse formato no Congresso Nacional. “Somente da união dessas forças – sociedade civil organizada e legisladores – é possível dar passos importantes em direção a conquistas capazes de mudar o destino de tantos brasileiros, que têm suas condições de vida e de inserção social afetadas pelas baixas condições de visão”, ressaltou o presidente do CBO, Cristiano Caixeta Umbelino.

 

A primeira edição do Fórum Nacional de Saúde Ocular foi realizada em 2001, durante a gestão de Marcos Ávila, então presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia. A iniciativa surgiu com esse objetivo: levar para dentro do Congresso Nacional discussões sobre problemas relacionados à assistência em oftalmologia. A ideia, que se mantém até hoje, é envolver os parlamentares nesse processo, não apenas para conscientizá-los sobre a importância do trabalho realizado pelos oftalmologistas brasileiros, como também estimular o desenvolvimento de leis que fomentem o cuidado e a prevenção.

 

O formato criado pelo CBO foi pioneiro e, por sua relevância e pertinência, atraiu o interesse do Ministério da Saúde, que se tornou parceiro na realização do evento, que chega a sua sétima edição com um outro importante apoiador: a Frente Parlamentar da Saúde, presidida pelo deputado Dr. Zacarias Calil. Além deles, também confirmaram presença nas mesas expositoras os Conselhos Nacionais de Secretários de Saúde de Estados e de Municípios, respectivamente, CONASS e CONASEMS.

 

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que cerca de 3% da população mundial apresentam deficiência visual moderada, grave ou cegueira. O Conselho Brasileiro de Oftalmologia estima que doenças oculares severas atingem cerca de 5 milhões de brasileiros, especialmente o público idoso, que são portadores de problemas irreversíveis de visão como o glaucoma, a retinopatia diabética e a degeneração macular relacionada à idade (DMRI).

 

“O Fórum Nacional de Saúde Ocular é um momento de grande importância para nós. Vamos apresentar aos parlamentares, legisladores brasileiros, os aspectos mais relevantes da atenção oftalmológica em nosso País e discutir soluções para melhorar o atendimento”, afirma Cristiano Caixeta Umbelino, presidente do CBO. “Nossa expectativa é contribuir com deputados e senadores para construirmos, juntos, políticas de saúde pública consistentes e sustentáveis para ampliar e aperfeiçoar esse atendimento. O maior beneficiário desse diálogo é a população”, acrescenta.

Veja a programação do VII Fórum Nacional de Saúde Ocular:

  • 8h30 Abertura
    Deputado Federal Dr. Zacarias Calil, Dr. Cristiano Caixeta Umbelino, Dr. Marcos Ávila
  • 8h45 Apresentações do Ministério da Saúde, CONASS e CONASEMS
  • 9h15 As condições de saúde ocular no Brasil
    Dr. Frederico Valadares de Souza Pena
  • 9h40 Oftalmologia no Brasil: quantos somos e onde estamos
    Dra. Wilma Lélis Barboza
  • 10h05 A assistência oftalmológica no SUS hoje
    Dr. Marcos Ávila
  • 10h30 A proposta da Oftalmologia Brasileira
    Dr. Cristiano Caixeta Umbelino
  • 10h55 Debate
  • 12h Encerramento

 

Serviço:

VII Fórum Nacional de Saúde Ocular

Realização – Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO)

Apoio: Frente Parlamentar da Saúde e Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados

Data – 15 de junho de 2023

Horário – 08h30 às 12h00

Local – Plenário 07 da Câmara dos Deputados Anexo II

Praça dos Três Poderes – Brasília/DF

POR: Rita Moraes
Publicado em 15/06/2023