ConexãoIn

Congresso Nacional do MP adota medidas sustentáveis para ser carbono e aterro zero, em Salvador Foto Pexels.jpg

 

Com milhares de inscritos confirmados, o XXV Congresso Nacional do Ministério Público estabeleceu parcerias com empresas que são referência nacional – e internacional – em práticas sustentáveis. O objetivo é reduzir o impacto ambiental do encontro que reunirá promotores e procuradores de Justiça de todo o Brasil, no Centro de Convenções de Salvador, entre esta quarta (8) e sexta-feira (10).

A Future Carbon Group, uma Climate Business global, realizará uma ação inédita de neutralização das emissões de carbono do evento. Com o resultado em mãos, o grupo doará a quantidade equivalente para programas de conservação florestal da Amazônia. Para assegurar a qualidade e integridade dos créditos de carbono, a Future Carbon aplicará parte da receita em projetos de impacto social.

Já em associação com o Grupo GVC, holding baiana de gerenciamento de resíduos, o congresso espera se tornar um evento de aterro zero, em que todo o lixo gerado, desde a montagem à desmontagem do evento, tenha a destinação correta através de uma parceria com cooperativa local. O óleo de cozinha coletado durante o evento, por exemplo, servirá de matéria prima para fabricar detergente e sabão. Os não recicláveis passarão por coprocessamento ou incineração.

POR: Rita Moraes
Publicado em 06/11/2023