ConexãoIn

Confira a programação de filmes no Cine Sesc

Nesta quarta-feira, dia 26 de maio, é celebrado a 27ª edição do Dia do Desafio – campanha mundial coordenada pela TAFISA (The Association For International Sport for All) e, no continente Americano, pelo Sesc São Paulo, com apoio institucional da ISCA (International Sport and Culture Association) e da UNESCO. A ação busca incentivar a prática de atividades físicas e esportivas em todas as fases da vida como um dos principais fatores para o bem-estar e garantia de qualidade de vida. Como contribuição do projeto, o CineSesc exibe por 24 horas, na série Cinema #EmCasaComSesc, o documentário “A Batalha do Passinho”, de Emílio Domingos, que apresenta a dança criada nas favelas do Rio de Janeiro e aborda a importância dessa manifestação cultural. Para assistir, acesse sescsp.org.br/cinemaemcasa.

Já na quinta-feira, dia 27, é dia de estreia do especial “Legítima Diferença”, projeto criado pelo Sesc São Paulo com ações em diversas áreas que evidenciam os diferentes cotidianos de pessoas LGBTQIA+ e propõem a desconstrução de preconceitos e estereótipos. O projeto visa fomentar a liberdade de expressão das diferenças, espaço de diálogo, convivência e transformação social. A programação completa está disponível em sescsp.org.br/legitimadiferenca. O CineSesc também participa da ação, e exibe na série Cinema #EmCasaComSesc, quatro longas-metragens que discutem, promovem e debatem o tema.

Indicado ao prêmio Teddy e a Melhor Filme de cineasta estreante, no Festival de Berlim, o brasileiro “Greta”, de Armando Praça, tem Marco Nanini como protagonista e narra a história de um enfermeiro que, para salvar a vida de sua melhor amiga, ajuda um criminoso com quem cria laços afetivos e sexuais. O longa recebeu os prêmios de Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Ator do Cine Ceará, no mesmo ano, além do prêmio de Melhor Ator, segundo a crítica no 46º Festival Sesc Melhores Filmes. Outro título nacional, “Corpo Elétrico”, de Marcelo Caetano, é um drama sobre um homem que passa a abrir a cabeça para novos horizontes e possibilidades. O longa recebeu o prêmio APCA de Melhor Filme do Ano em 2018. 

Ainda na programação, o francês “Um Belo Verão”, de Catherine Corsini, tem como pano de fundo o movimento feminista o país a partir da história de amor entre duas mulheres. O filme contou com duas indicações para o Prêmio César 2016: Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante. Também no especial, “Tangerine”, de Sean Baker, filmado inteiramente com câmera de celular e eleito como Melhor Filme LGBT no Festival do Rio de 2015, traz a história tragicômica de uma transexual e prostituta que sai da prisão e tem que lidar com a traição de seu namorado e agenciador. Os filmes do Especial Legítima Diferença ficam disponíveis por 30 dias. 

Programação Cinema #EmCasaComSesc

26 DE MAIO – ESPECIAL “Dia do Desafio”

[EXIBIÇÃO POR APENAS 24H]

A BATALHA DO PASSINHO
Dir.: Emílio Domingos | Brasil | 2012 | 72 min | Documentário | 10 anos

Surgido nas favelas cariocas, o passinho, explodiu em 2008 e desde então vem mudando a cara da periferia do Rio de Janeiro. Uma nova forma de dançar o funk, o Passinho é a manifestação cultural carioca mais importante dos últimos 10 anos.

27 DE MAIO  – ESPECIAL “Legítima Diferença”

[FILMES DISPONÍVEIS POR 30 DIAS]

GRETA
Dir.: Armando Praça | Brasil | 2019 | 97 min | Ficção | 18 anos
Pedro (Marco Nanini), um enfermeiro de 70 anos, fervoroso fã de 
Greta Garbo, precisa liberar uma vaga no hospital onde trabalha para Daniela, sua melhor amiga. Para salvá-la, ele decide ajudar Jean, um jovem que acaba de ser hospitalizado e algemado por ter cometido um crime. Pedro esconde-o em sua própria casa até que ele se recupere e nesse período, eles se envolvem afetiva e sexualmente.

CORPO ELÉTRICO
Dir.: Marcelo Caetano | Brasil | 2017 | 95 min | Ficção | 16 anos

O verão está chegando e Elias tem sonhado muito com o mar. Na fábrica em que trabalha, as responsabilidades aumentam à medida que o fim de ano se aproxima. Depois de uma noite fazendo hora extra, Elias e os operários decidem sair e tomar uma cerveja. É quando novas possibilidades de encontros surgem no horizonte de Elias.

UM BELO VERÃO
Dir.: Catherine Corsini | França | 2015 | 105 min | Ficção | 14 anos

França, 1971. A jovem Delphine, filha de fazendeiros, se cansa da vida provinciana e vai se aventurar em Paris. Lá ela conhece Carole, uma mulher casada e feminista, por quem se apaixona. Este será seu primeiro relacionamento afetivo com outra mulher. Porém, uma reviravolta na vida de Delphine colocará à prova o amor entre as duas.

TANGERINE
Dir.: Sean Baker | Estados Unidos | 2015 | 88 min | Ficção | 16 anos

Sin-Dee Rella, transexual e prostituta, retorna da prisão e descobre, através de sua melhor amiga Alexandra, e também trans, que está sendo traída pelo namorado e agenciador Chester. Sin-Dee parte então em busca de Chester e sua amante, a cisgênero Dinah. Sean Baker filma, munido apenas de um iPhone 5s, uma comédia-dramática natalina e revela uma Los Angeles diversa e melancólica.

Clássicos Festival Sesc Melhores Filmes – até 05 de junho

UM SÓ PECADO
Dir.: François Truffaut | França | 1964 | 117 min | Ficção | 14 anos

Numa viagem a Lisboa, conhecido editor torna-se amante de uma bela aeromoça. Ele é casado e vive seu romance até o dia em que sua mulher descobre tudo.

CLÉO DAS 5 ÀS 7
Dir.: Agnès Varda | França, Itália | 1962 | 90 min | Ficção | 14 anos

Em Paris, a cantora Cléo faz um exame para descobrir se está com câncer. O resultado sai em duas horas, então ela decide andar pelas ruas da cidade enquanto aguarda. Com dúvidas sobre como agir diante da doença, a bela acaba cruzando com Antoine, um jovem militar que está prestes a partir

MEU TIO DA AMÉRICA
Dir.: Alain Resnais | França | 1980 | 125 min | Ficção | 14 anos

Os destinos cruzados de três personagens sob o olhar de uma quarta cobaia: o biólogo Henri Laborit, que explica sua própria teoria sobre como o ambiente interfere na formação da personalidade dos humanos. Grande Prêmio do Júri e da Crítica no Festival de Cannes.

SEGREDOS E MENTIRAS
Dir.: Mike Leigh | Reino Unido, França | 1996 | 136 min | Ficção | 16 anos

Hortense é uma optometrista negra bem-sucedida cujos pais adotivos morreram. Ela fica surpresa quando descobre que sua mãe biológica é Cynthia, uma operária branca de classe baixa.

A VIDA DOS OUTROS
Dir.: Florian Henckel von Donnersmarck | Alemanha, França | 2006 | 137 min | Ficção | 12 anos

Nos anos 80, o Ministro da Cultura da Alemanha Oriental se interessa por Christa, um atriz que namora um famoso dramaturgo. Suspeitos de infidelidade ao comunismo, são vigiados por um capitão do serviço secreto, que fica fascinado pelas suas vidas. Vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Série Cinema #EmCasaComSesc

Desde o início de junho, o CineSesc realiza a série Cinema #EmCasaComSesc, na plataforma Sesc Digital (sescsp.org.br/cinemaemcasa). A iniciativa de oferecer gratuitamente filmes em streaming reforça os aspectos que ancoram a ação institucional do Sesc São Paulo, garantindo o acesso a conteúdos da cultura a variados públicos. Com maior presença no ambiente online, o Sesc amplia sua ação de difusão cultural, de maneira acessível e permanente. O público ganha assim mais um espaço para contemplar, descobrir e redescobrir o cinema, a partir de grandes obras selecionadas, disponibilizadas online e gratuitamente.

Os filmes ficam disponíveis por um período determinado, com alterações e novas estreias semanais a cada quinta-feira. Há ainda possibilidade de prorrogação da exibição, conforme a demanda do público, além de sessões especiais por períodos menores (como 24h, por exemplo). A curadoria do Cinema #EmCasaComSesc conta com a experiência do CineSesc, que segue fechado desde o mês de março, por conta da crise causada pelo novo coronavírus.

+ SESC DIGITAL

A presença digital do Sesc São Paulo vem sendo construída desde 1996, sempre pautada pela distribuição diária de informações sobre seus programas, projetos e atividades e marcada pela experimentação. O propósito de expandir o alcance de suas ações socioculturais vem do interesse institucional pela crescente universalização de seu atendimento, incluindo públicos que não têm contato com as ações presenciais oferecidas nas 40 unidades operacionais espalhadas pelo estado. Por essa razão, o Sesc apresenta o Sesc Digital, sua plataforma de conteúdo!

Saiba+: www.sescsp.org.br/sescdigital

#conexaoin99

#conectadocomanoticia

#cinemaSesc

POR: Rita Moraes
Publicado em 24/05/2021