ConexãoIn

CEO da Netiflix anuncia doação para educação de negros

O CEO da Netflix Reed Hastings e sua mulher Patty Quillin irão realizar uma doação de US$ 120 milhões para promover a educação de negros nos Estados Unidos. O anúncio da quantia de cerca de US$ 120 milhões ( cerca de R$ 626 milhões) foi divulgado na manhã da última quarta-feira (17).

“Os tempos são os mais estressantes, os mais dolorosos que já vimos em nossas vidas”, disse Hastings em entrevista à rede NBC.

Hastings afirma, no entanto, que em meio ao momento de dor é possível que nasçam coisas boas, lembrando que podemos estar testemunhando um momento de mudança profunda na consciência social. “Mas dessa dor também pode surgir uma oportunidade. E talvez este seja o momento em que as coisas podem mudar”.

Parte do fundo (US$ 40 milhões) irá ao United Negro College Fund (UNCF), organização que financia bolsas de estudos para jovens negros em universidades norte-americanas. Os demais US$ 80 milhões serão divididos e destinados à Spelman College e o Morehouse College, sediadas em Atlanta, as duas faculdades possuem históricas ligações com a comunidade afro-americana.

A doação acontece meses depois da empresa criar um fundo no valor de US$ 100 milhões para apoiar os seus trabalhadores da comunidade criativa durante a pandemia do coronavírus. No Brasil, R$ 5 milhões deste montante foi destinado para ajudar cerca de 5 mil pessoas, entre produtores, assistentes, coordenadores, técnicos e operadores de diferentes departamentos de produção como câmera, áudio, arte, maquiagem, figurino, cenografia, logística, entre outros.

“A crise do Covid-19 é devastadora para muitas indústrias, incluindo a comunidade criativa. Quase toda a produção de televisão e filme já parou globalmente – deixando centenas de milhares de pessoas das equipes de produção e elencos sem emprego. Isso inclui eletricistas, carpinteiros e motoristas, muitos dos quais recebem salários por hora e trabalham por projeto”, declarou na ocasião Ted Sarandos, chefão do streaming, em comunicado.

#conexaoin99

#conectadocomanoticia

 
POR: Rita Moraes
Publicado em 19/06/2020