ConexãoIn

Banda Mato Seco lança o EP “Carta da Humanidade para a Humanidade” e celebra Dia da Consciência Negra

Após o lançamento do single Carta da Humanidade (Fomos Longe Demais), a banda de reggae Mato Seco traz ao mundo seu mais novo trabalho de estúdio, o EP “Carta da Humanidade para a Humanidade”, reunindo quatro composições que foram construídas ao longo da pandemia da Covid-19 e um Feat com Zeider Pires, da banda Planta e Raiz.

 Nesses quase dois anos de pausa nos trabalhos presenciais, o Mato trabalhou incessantemente para levar entretenimento e canções com pensamento positivo aos seus fãs que estavam em casa de quarentena.  

O grupo formado por Rodrigo Piccolo (vocal e guitarra), Eric Oliveira (guitarra), Osvaldo Ciziniaukas Jr. (contrabaixo), João Paz (órgão e piano), Tiago Rezende (bateria), Carlos Eduardo Gonçalves (percussão e voz) e Mauro Peres (percussão e voz), sempre pensou em letras reflexivas e seguiu forte nessa tecla de conscientização, de amor e respeito ao próximo.  

O EP que será lançado no próximo dia 19 de novembro, vem de encontro às comemorações do Dia da Consciência Negra, a música de trabalho “Tempo de Acordar”, chama atenção ao falar sobre a falta de amor em segregar alguém por sua cor. 

“Desgarrados estamos do amor / Quando nos segregamos por cor / Quando celebramos a queda de um irmão…” 

Nós sempre fomos a voz das pessoas em situação de desvantagem social, Mato Seco é resistência, e sempre vamos seguir por esse caminho, resistimos para existir, comenta Rodrigo Piccolo, vocalista da banda.  

A banda comemora o lançamento do novo EP, no dia 19 de novembro, no palco do Espaço Leste, na Av. Aricanduva em São Paulo 

Carta da Humanidade estará disponível nas principais plataformas de streaming a partir das 00:00 do dia 19, e o pré save já está disponível no link: https://onerpm.link/cartadahumanidadeparaahumanidade 

 Ficha técnica EP: 

Uma produção Homens do Mato – dirigida por Banda Mato Seco – com produção artística de Ivon Alves e Coordenação Executiva por Paula Dias   

Arte Gráfica: Tiago Morya Ishiyama  

Captação e Gravação: Rafael “Cartman” Soares no estúdio Homens do Mato, em São Caetano do Sul / SP; captação de bateria no Estúdio Vok, em São Paulo / SP.       

 Técnico de Mixagem e Masterização: Rodrigo Loli   

Mato Seco:  

Carlos Eduardo Gonçalves: Percussão e backing vocal 

Eric de Oliveira: Guitarra solo e violão 

João Paz: Órgão, piano, teclados e backing vocal 

Junior Ciziniauskas: Contrabaixo 

Lincoln Martins: Trompete e backing vocal 

Mauro Peres Junior: Percussão e backing vocal 

Rodrigo Piccolo: Vocal, guitarra, violão, flauta transversal e backing vocal  

Tiago Rezende: Bateria e percussão 

 Músicos Convidados: 

Beto Malfatti: Saxofone 

Edy Trombone: Trombone 

Backing Vocals: Denise D`Paula; Preta Cintia e Talita Cabral 

 Participação Especial: Zeider Pires em Levante a Cabeça (Jah Não Vai Te Deixar) 

Faixas:  Carta da Humanidade (Fomos Longe Demais), Levante a Cabeça (Jah Não Vai Te Deixar) Part. Zeider Pires, Tempo de Acordar, Não Deixo de Acreditar e Palavras Repetidas. 

Serviço show: MATO SECO, PONTO DE EQUILÍBRIO, COSTA GOLD E CIDADE VERDE 

Endereço: Avenida Aricanduva, 12.011, 03930-110, São Paulo 

#Conexaoin 

#conectadocomanoticia

#musica

POR: Rita Moraes
Publicado em 17/11/2021