ConexãoIn

Balé Folclórico da Bahia fará apresentações gratuitas no Castelo Garcia D’Ávila, em Praia do Forte, nos dias 12 e 25 de fevereiro

Encanto, técnica, vigor, energia, ritmo contagiante e sonoridade arrebatadora.  Nos dias 12 e 25 de fevereiro, o público do litoral norte da Bahia vai poder conferir o espetáculo “Herança Sagrada – A Corte de Oxalá”, que já foi aplaudido na América, Europa, Caribe, Oceania e África. As apresentações do Balé Folclórico da Bahia (BFB) vão acontecer, às 19 horas,no Castelo Garcia D’Ávila, em Praia do Forte, com entrada gratuita. A produção e realização é da ONG Raso da Catarina. O projeto tem patrocínio do Hiperideal e do Governo do Estado da Bahia através do Fazcultura, da Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda. O projeto busca valorizar a identidade étnica afrodescendente e conta com o apoio institucional da Prefeitura Municipal de Mata de São João e da Fundação Garcia D’Ávila.

A direção geral do espetáculo é de Vavá Botelho, fundador do Balé Folclórico da Bahia, e a direção artística de José Carlos Arandiba (Zebrinha). As apresentações, com duração de 60 minutos, serão transmitidas ao vivo pelo Youtube (@rasodacatarinaong2345). Após cada apresentação, haverá uma roda de conversa sobre a influência da dança afro na identidade étnico racial. A roda de conversa será registrada em formato de documentário audiovisual e disponibilizada para as escolas locais.

Workshops de Dança Afro

Nos dias 12 e 25 de fevereiro, às 15 horas, também serão realizados dois workshops de Dança Afro, direcionado ao público de estudantes de escolas públicas da Praia do Forte e localidades vizinhas na região de Mata de São João. A proposta é trabalhar movimentos básico da dança afro que caracterizam a cultura negra e o folclore brasileiro, incentivando o fazer artístico, tendo como ferramentas o corpo e sua valorização. Os alunos vão entender todo o processo de criação de uma coreografia, sua estética e a importância da execução da dança.

Quem vai conduzir os workshops, com uma hora de duração cada, é a bailarina, coreógrafa e professora de dança afro do Balé Folclórico da Bahia, Nildinha Fonseca.

Estudantes interessados em participar dos workshops e rodas de conversas e acessar as apresentações do Balé Folclórico da Bahia devem entrar em contato com a produção do evento (71) 99109-5930 (WhatsApp).

Herança Sagrada

Considerado um dos principais embaixadores culturais do Brasil no mundo, o Balé Folclórico da Bahia (BFB), que em agosto completa 35 anos, já se apresentou em mais de trezentas cidades e 27 países e é a única companhia de dança folclórica profissional do país.

O espetáculo Herança Sagrada – A Corte de Oxalá reúne coreografias clássicas do repertório do Balé, que traduzem as mais importantes manifestações folclóricas baianas, como “Puxada de Rede”, “Berimbau”, “Capoeira” e “Samba de Roda”, além de “Afixirê”, coreografia inspirada na influência dos escravos africanos na cultura brasileira. “O espetáculo é inspirado nas principais manifestações da cultura popular e da religiosidade afro-baiana”, destaca Vavá Botelho, fundador e diretor geral do Balé Folclórico da Bahia.  Os bailarinos também reproduzem sequências de movimentos de alguns dos mais importantes rituais do Candomblé, numa coreografia baseada em danças do culto afro-brasileiro.

O espetáculo apresenta uma forte simbologia histórica, icônica e estética das tradições e da memória, tão importantes para o resgate da identidade de um povo.

Todo o espetáculo tem a trilha sonora encenada ao vivo pelos músicos da companhia..

Com sede no Pelourinho, em Salvador, o BFB é a única companhia de dança folclórica profissional do país. Os integrantes da companhia – dançarinos, músicos e cantores – recebem preparação técnica para dança, música, capoeira, canto e teatro. Para preservar e divulgar as principais manifestações folclóricas da Bahia, o Balé desenvolveu uma linguagem cênica que parte dos aspectos populares e atinge questões contemporâneas.

Balé Folclórico da Bahia (BFB) – Herança Sagrada – A Corte de Oxalá

Quando:  12 e 25 de fevereiro

Horário: 19 horas

Onde: Castelo Garcia D’Ávila (Praia do Forte – Ba)

Duração: 60 minutos

Transmissão ao vivo pelo Youtube@rasodacatarinaong2345

Aberto ao público / Entrada Gratuita

POR: Rita Moraes
Publicado em 31/01/2023