ConexãoIn


Bahia soma quase R$ 6 bilhões em investimentos nas áreas sociais desde 2015

Operação Ronda Maria da Penha
Foto: Alberto Coutinho/GOVBA
Funcionamento do Metrô de Salvador.
Fotos: Carla Ornelas/GOVBA

Detentor do segundo lugar no país em investimentos públicos realizados desde 2015, o Estado da Bahia aplicou a maior parte dos recursos nas áreas sociais (Educação, Saúde e Segurança Pública), às quais foram destinados R$ 5,98 bilhões. Em seguida, vêm Urbanismo (R$ 5,44 bilhões), Transporte (R$ 3,82 bilhões), Saneamento (R$ 2,37 bilhões) e Agricultura (R$ 1,57 bilhão).

A Bahia investiu ao todo R$ 22,77 bilhões entre janeiro de 2015 e agosto de 2022, ficando mais uma vez atrás apenas de São Paulo, que alcançou R$ 64,14 bilhões no período. O governo paulista, no entanto, possui orçamento cinco vezes maior e investe, portanto, proporcionalmente menos, de acordo com levantamento da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA).

“Investimentos são despesas públicas fundamentais porque ampliam e melhoram a infraestrutura e a prestação de serviços à sociedade, por isso vêm sendo alvo de especial atenção pelo governo ao longo dos anos”, afirma o governador Rui Costa. Os recursos investidos, ainda segundo o governador, se traduzem em ampliação da infraestrutura e do alcance dos serviços públicos, geração de empregos e renda e maior capacidade de atração de investimentos privados pelo Estado.

Principais obras      

Na área de Saúde, o Estado construiu 15 hospitais e 25 policlínicas regionais, que chegarão a 26 até o final do ano, e ainda 19 Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e Unidades Básicas de Saúde, criando uma infraestrutura que mostrou-se fundamental para a estratégia de enfrentamento aos efeitos da pandemia do novo coronavírus a partir de março de 2020. Os novos equipamentos incluem o HGE 2, o Hospital da Mulher e o Instituto Couto Maia, em Salvador, o Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, o Hospital da Chapada, em Seabra, a Maternidade do Hospital da Criança, em Feira de Santana, e o Hospital Metropolitano.

A melhoria da infraestrutura da rede pública estadual marca os investimentos em Educação. A requalificação da rede física escolar em curso nos últimos anos envolve a instalação de novos equipamentos, como laboratórios, bibliotecas, quadras de esportes cobertas e campos society, e tem como destaque a entrega de 26 Complexos Poliesportivos Educacionais até o final de 2022, destinados a fortalecer a aprendizagem no contexto da Educação em Tempo Integral. Entre os complexos já entregues estão os de Irecê, Conceição do Coité, São Gonçalo dos Campos e Jequié.

POR: Rita Moraes
Publicado em 07/11/2022