ConexãoIn


Atletas de Apaes baianas conquistam medalhas na 23ª Olimpíadas Especiais das Apaes

Noventa atletas do movimento apaeano da Bahia representaram o estado na 23ª Olimpíadas Especiais das Apaes, que aconteceu entre os dias 5 e 10 de dezembro, na cidade de Aracaju, em Sergipe. Promovido pela Apae Brasil, em parceria com a Feapaes-SE e a Apae Aracaju, o evento tem o objetivo de estimular a melhoria da qualidade de vida e inclusão das pessoas com deficiência por meio da atividade esportiva. A competição teve um público estimado em mais de 1,6 mil pessoas, entre atletas, técnicos e acompanhantes de 23 estados e do Distrito Federal.

A delegação da Federação das Apaes do Estado da Bahia (Feapaes-BA) contou com 120 pessoas, entre elas os 90 atletas apaeanos que passaram pelas seletivas estaduais em setembro deste ano, durante a XI edição das Olimpíadas Especiais das Apaes do estado. No total, foram 11 modalidades, sendo cinco coletivas (basquete, handebol, capoeira, futsal e futebol society) e seis individuais (atletismo, natação, ginásticas rítmica e olímpica, tênis de mesa e bocha). A Bahia trouxe para casa 14 medalhas de ouro, 13 de prata e 10 de bronze, conquistadas na ginástica rítmica, natação, atletismo, capoeira e handebol masculino.

 

Narciso Batista, presidente da Feapaes- BA, esteve presente na comitiva baiana e acompanhou de perto a jornada dos atletas nas competições. “É uma honra participarmos de um dos maiores eventos esportivos de superação e inclusão do país, que vem destacar para a sociedade a importância da visibilidade e da integração desses indivíduos. É o momento onde os nossos competidores demonstram suas habilidades, vencem desafios e ganham mais confiança e autoestima. Estamos muito orgulhosos pelo desempenho de cada um deles”, pontua Narciso.

POR: Rita Moraes
Publicado em 18/12/2022