ConexãoIn


Arezzo segue expandindo e compra grife de sapatos italiana

 


A Arezzo anunciou na última sexta-feira, 4, sua primeira aquisição internacional, ao fechar acordo para comprar a grife italiana Paris Texas. Segundo a companhia, o negócio foi um passo importante na estratégia do grupo brasileiro em desenvolver uma plataforma global de calçados de luxo.

A compra envolve uma participação inicial de 65% das ações da Paris Texas por € 25 milhões (R$ 137,8 milhões), com opção de atingir a totalidade no futuro.

Nos últimos anos, a Arezzo tem promovido uma série de aquisições, incluindo marcas como Reserva, Carol Bassi, Sunset, HG e Calçados Vicenza.

Ações subiram

Após o anúncio, as ações da Arezzo&Co chegaram a avançar 4% na sexta e fecharam em alta de 2%.

Analistas do BTG Pactual afirmam que, embora pequeno, o negócio deve reforçar o portfólio da empresa no segmento de luxo de alta margem, onde já atua por meio da bandeira Alexandre Birman, e seu projeto de internacionalização.

Luiz Guanais, do BTG, e sua equipe ressaltaram que fusões e aquisições fazem parte da estratégia da Arezzo de construir uma casa de marcas nos últimos quatro anos. Eles disseram que após o follow-on no início do ano passado, esperavam-se movimentos inorgânicos adicionais.

Eles aguardam movimentos adicionais de negócios visando marcas de luxo com vendas entre € 10 milhões (R$ 55,1 milhões) e € 30 milhões (R$ 165,3 milhões) e margens fortes.

Sobre a Arezzo

Fundada em 1972 pelos irmãos Anderson e Jefferson Birman, a Arezzo comemora 30 anos de uma história dedicada a arte de transitar pelo mundo da moda e traduzir tendências para mulheres da vida real.

A história da família de Birman no setor de calçados começou em 1972 quando seu pai, Anderson Lemos Birman, e seu tio,Jefferson Birman, montaram uma pequena fábrica de sapatos em uma propriedade da família em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Atualmente são 1.000 lojas espalhadas pelo Brasil.

CEO

Alexandre Birman é um designer de sapatos reconhecido mundialmente, sendo CEO da Arezzo & Co, maior empresa varejista de calçados femininos da América Latina.

Ele também é fundador da Schutz e da grife “Alexandre Birman”, empresa direcionada para o seguimento de alto luxo. Desde 2007, a marca Schutz faz parte da holding Arezzo & Coo, devido à compra de 25% de suas ações realizadas pelo fundo de investimento Turpan.

 

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 05/03/2023