ConexãoIn

Americana mata filha de três anos alegando que Bob Esponja ordenou

Justine Johnson confessou que matou a filha de três anos. De acordo com a norte-americana do estado de Michigan, ela foi ameaçada de morte pelo personagem Bob Esponja caso não cometesse o crime. A mulher de 22 anos teria problemas com drogas e estaria passando por uma crise de abstinência de heroína. 

Segundo o site MLive, Ryan Eberline, investigador do Serviço de Proteção à Criança, disse que Justine contou em depoimento realizado em outubro que chegou a desmaiar em um cemitério no dia da morte da criança. 

“Ela me disse que não se lembrava dos detalhes do que aconteceu no momento do que aconteceu com Sutton, que ela estava tendo alucinações devido à abstinência de heroína e não havia conseguido dormir por aproximadamente duas semanas”, contou o investigador. 

“Ela estava tendo alucinações da TV que a instruiu a tirar a vida de sua filha ou eles a matariam. Foi Bob Esponja que estava dizendo essas coisas na TV. Se ela não fizesse o que fez com a filha, eles a matariam. Ela disse que temia por sua vida e tinha enlouquecido”, completou Eberline.

Justine Johnson teria supostamente esfaqueado a filha dois dias após o terceiro aniversário da menina e colocado o seu corpo em um saco de lixo. A mulher está detida e acusada de homício qualificado e abuso infantil.

Testemunha

Uma das testemunhas do caso é o irmão da acusada, Knesley, que disse ter ido trabalhar na tarde do dia do crime e que não tinha reparado nada de errado no comportamento da irmã ou da sobrinha quando saiu de casa. Quando retornou na madrugada do dia seguinte, sentiu falta das duas e perguntou ao irmão adolescente onde elas estavam.

O garoto foi até os fundos da casa e reparou de algo aparecendo em um saco de lixo. “Havia como um pé saindo do saco”, disse ele. “Eu corri e disse a Knesley: ‘Tem um pé dentro de um saco’. Ele não acreditou em mim. Ele achou que eu estava brincando”, relatou, dizendo que logo em seguida ligaram para um tio.

Acionada, a polícia abriu o saco e identificou a vítima e, adentrando o imóvel, descobriram várias manchas nos móveis e nas paredes. Três facas também foram encontradas em um quarto. O corpo de Sutton estava envolto em um edredom nas costas, junto com uma calça jeans. A médica legista do condado disse que Sutton tinha facadas no pescoço, peito e abdômen.

#Conexaoin 

#conectadocomanoticia

POR: Rita Moraes
Publicado em 06/02/2022