ConexãoIn

Alunos da Educação para Jovens e Adultos lançam livro em São Paulo

Alunos com muitas histórias para contar, vidas carregadas de lutas e batalhas, pessoas que diante da necessidade precisaram  mudar o rumo da vida e deixar os bancos escolares. Esse é um pouco do roteiro da vida dos alunos da EJA (Educação para Jovens e Adultos) e CIEJA (Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos) da cidade de São Paulo, que agora também são autores!

No próximo 10 de novembro, no auditório Prestes Maia da Câmara Municipal, será lançado o livro deles, o “Antologia Literária”, com contos, poesias, acrósticos e narrativas.

A ideia é pioneira e surgiu ainda no início deste ano, durante a 12ª Semana Municipal de Incentivo e Orientação ao Estudo e à Leitura de São Paulo, tradicional evento da cidade, criado por lei do vereador Professor Eliseu Gabriel (PSB). Todos os anos, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, ele lança um livro dos alunos e um dos professores que participaram das atividades da Semana.

Alunos do EJA e CIEJA, até então, não estavam inseridos nesta oportunidade. O vereador trabalhou para que esses alunos também pudessem ser protagonistas. E serão. É a primeira vez que será lançado um livro escrito por alunos de EJA e CIEJA.

“Sabemos que essas pessoas têm um universo de histórias de superação, criatividade e emoção. E agora elas estão inseridas no “Antologia Literária”, conta Eliseu.

O vereador relembra que durante a Semana da Leitura, quando os Trovadores Urbanos estiveram nas escolas com esses alunos,  eles escreveram palavras após ouvir as músicas tocadas pelos trovadores, criando o muro do afeto, que inspirou  a criação do livro.”Esses alunos nos lembram que suas dificuldades diárias e a  idade não são obstáculos para a busca do conhecimento”, comentou.

Protagonismo para alunos da EJA e CIEJA 

A Educação de Jovens e Adultos – EJA é uma modalidade de ensino criada pelo Governo Federal que perpassa todos os níveis da Educação Básica do país, destinada aos jovens, adultos e idosos que não tiveram acesso à educação na escola convencional na idade apropriada. O CIEJA são unidades educacionais que atendem jovens e adultos em três períodos (manhã, tarde e noite) em até seis turnos diários, articulando em seu projeto pedagógico o Ensino Fundamental e a Qualificação Profissional Inicial em São Paulo.

O livro Antologia Literária foi escritopor pessoas como Edison da Silva, de 53 anos, paulistano, criado no bairro Santa Mônica, que estudou em uma escola estadual, mas no 7º ano do ensino fundamental, por necessidades econômicas, precisou largar os estudos e começar a trabalhar. Outra autora é a Maria Lúcia Vieira Barros, de 63 anos, que migrou de Pernambuco para São Paulo e não conseguiu seguir com os estudos e hoje busca terminar o segundo grau e depois estudar psicologia. O livro conta com 128 escritores em um total de quatro escolas.

“Como alcançar o respeito por meio das diferenças? Talvez pela educação. Eu mesma fiz a opção de retornar aos estudos porque acredito que este seja um meio de me socializar e me atualizar, só assim poderei contribuir para um mundo melhor”, são palavras de Maria Lúcia, agora autora de um livro.

 Edison da Silva, ao lado de outros colegas, escreveu um acróstico tendo a palavra diversidade como raiz, de onde surgiram outras palavras como humanidade, diálogo, amor e empatia, formando uma escrita poética. “Aprender ao lado de colegas escrever esse acróstico foi muito importante, tenho certeza que a educação pode mudar a vida das pessoas e estou vivendo essa mudança, escrevendo um livro”, comenta.

“O protagonismo dos estudantes da Educação de Jovens e Adultos reflete não apenas as habilidades de escrita aprimoradas, mas também em suas histórias de superação e resiliência. Ele simboliza o poder da educação em transformar vidas e abrir novos horizontes, independentemente da idade”, comentou o vereador Eliseu Gabriel.

Participaram do livro alunos da EJA das escolas: EMEF Jairo Ramos (Jardim Mangalot), EMEF Desembargador Silvio Portugal (Jardim Líbano), EMEF General Vicente Daile Coutinho (Vila Souza) e do CIEJA Vila Maria/Vila Guilherme .

 

Serviço

Lançamento do livro Antologia Literária

Local: Câmara Municipal de São Paulo ((Auditório Prestes Maia – 1 andar)

Endereço: Viaduto Jacareí, 100 – Bela Vista
Horário: Início às 19h
Entrada Gratuita

Sobre o vereador Eliseu Gabriel 

Professor de física pela USP e autor de livros didáticos; deu aulas no ensino público, em universidades, Ensino Médio, cursinhos e no Telecurso da TV Cultura.

Autor dos livros “Brasil Soberano” e “Por um Brasil Unido e Forte”.

Vereador de São Paulo em seu sexto mandato. Presidente da Comissão de Educação por vários anos.

Autor de importantes leis como: Área Escolar de Segurança; Semana de Incentivo à Leitura, que todo ano publica os livros “Descobrir-se Autor”, com textos de alunos, e o “Revelar-se Autor”, com textos dos professores; da Lei das Doações; da Lei que criou o Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação; da Lei da Transparência, entre muitas outras.

POR: Rita Moraes
Publicado em 09/11/2023