ConexãoIn


Serrinha recebe primeira Feira Literária na região do Sisal

A cidade de Serrinha, localizada a 180 quilômetros de Salvador, realiza a primeira edição da Feira Literária Internacional de Serrinha (FELIS). A programação da Feira está marcada pela diversidade e incentivo à leitura com mesas temáticas, rodas de conversa, palestras, espetáculos e performances. O evento surge preenchendo um hiato no Território do Sisal, que ainda não possuía uma atividade voltada à celebração do livro, leitura, literatura e produção cultural.

Com o tema “Caminhos da liberdade: o protagonismo feminino e popular e as liberdades contemporâneas”, a FELIS tem a curadoria do escritor e jornalista Ricardo Ishmael. Atuando pela primeira vez como curador, Ricardo afirma que o maior desafio não é pensar apenas na programação, mas sim “contemplar os variados aspectos que envolvem a nossa multifacetada literatura, respeitando o tema proposto, sem jamais perder de vista o compromisso com a diversidade”. O lançamento da programação oficial acontece na quinta-feira (06), às 19h, no Auditório da Uneb Campus XI em Serrinha.

A FELIS vai contar com forte presença de elementos da história da Bahia e seus personagens femininos e populares, integrando as comemorações do Bicentenário da Bahia. Para Ishmael, a curadoria teve o cuidado de contemplar o máximo da diversidade de temas para ter na grade de programação “autoras e autores que refletem a pluralidade da nossa produção literária, com abordagens que sejam relevantes para que compreendamos mais e melhor o protagonismo feminino e popular nas lutas que consolidaram, na  Bahia, a independência do Brasil, além de ter a efetiva participação do público nas palestras e demais atividades”, garante.

Segundo Sandro Magalhães, gestor cultural e coordenador geral da FELIS, a realização da Feira “sempre foi um sonho da comunidade cultural serrinhense, e ter o Ricardo Ismael, como curador de uma edição histórica, é um grande orgulho para nós, principalmente pela sua atuação no campo da literatura e também por ser um Serrinhense notável”.

A Feira Literária Internacional de Serrinha (FELIS) conta com apoio do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Educação (SEC) e Secretaria de Cultura (SecultBa), por meio da Fundação Pedro Calmon (FPC), da Prefeitura Municipal de Serrinha e do Sebrae.

A praça Morena Bela e o Colégio Estadual Rubem Nogueira, prédio histórico que abriga um dos primeiros ginásios regionais da Bahia, e que completou 70 anos, sendo responsável pela formação de gerações de estudantes que viriam a se tornar escritores, poetas, médicos, advogados, jornalistas, etc, recebem uma programação com participação dos autores locais, da cidade e do território. Integrando mesas temáticas, rodas de conversa, ações educacionais, lançamento e venda de livros, além de shows e apresentações da comunidade artística e cultural da cidade, a FELIS terá atividades especiais para o público infantojuvenil e ações para envolver a juventude.

A Feira Literária Internacional de Serrinha (FELIS) é uma iniciativa do Núcleo de Arte, Cultura e Comunicação na Comunidade (NACOM), organizada através de uma coordenação colegiada formada pelo NACOM juntamente com instituições educacionais, culturais com atuação no município, como o Conselho Municipal de Cultura, a UNEB Campus XI, a CDL, o NTE 04, Secretaria Municipal de Educação, grupos culturais e artísticos, representações estudantis, entre outros. A cidade de Serrinha vai completar 150 anos em 2026. E o NACOM pretende realizar ações que fomentem o pensamento crítico, o conteúdo e levantem debates acerca da cidade.

Serviço:

O que: Lançamento da Programação Oficial da Felis – Feira Literária Internacional de Serrinha

Quando: Terça- feira, 04 de julho, às 19h.

Local: Auditório da Uneb Campus XI, Serrinha

POR: Rita Moraes
Publicado em 05/07/2023