ConexãoIn


Prefeitura de Santa Bárbara gera polêmica ao montar palco do São João na frente de cemitério: “falta de sensibilidade”

 

A cidade de Santa Bárbara vive uma polêmica porque a prefeitura resolveu montar o palco para os festejos juninos, em frente ao cemitério.

A denuncia foi feita pelos moradores por acharem que o prefeito desrespeitou os mortos. O evento está previsto para começar na próxima  sexta-feira, 16.

Os camarotes que estão sendo montados com o fundo voltado para a necrópole. Vídeos e áudios enviados por leitores a sites de imprensa locais mostram a indignação dos populares da região. “Tamanha falta de sensibilidade”, lamenta um morador.

“Prefeito, não é demérito nenhum voltar atrás. Não é demérito, não. Isso vai demonstrar poder de liderança ao senhor, saber que tomou uma atitude visando melhorar, mas que causou comoção e o senhor preferiu atender a população e revogar sua decisão em detrimento da ordem maior que é o pedido da população”, salientou outro popular.

“E sim, teu poder é a população. Porque o poder que é oferecido aos cidadãos através do voto, ele é passageiro, é temporário, não é permanente. Então o senhor tem que saber também que suas decisões pode ser temporária e não serão permanentes. Porque até uma obra que o senhor faz hoje outro prefeito amanhã pode chegar e desmanchar e fazer outra. Então nada aí é definitivo. Para quem está no poder. Definitivo mesmo aí é o povo. É a população e é assim que funciona a democracia”, finalizou.

Repercussão nas Redes Sociais 

Nas redes sociais, outros internautas cobram providências à liderança municipal. “Mas essa festa é aqui tá rolando colado ao cemitério?”, questionou um internauta. “Deveria tomar vergonha na cara e mudar o palco. Uma falta de respeito”, escreveu outro.

Ação Judicial 

Uma ação também foi instaurada contra a gestão municipal de Santa Bárbara: “Santa Bárbara tem um São João tradicional que sempre foi festejado com festas e shows de renomados artistas, a cerca de 30 anos, sempre ocupando o mesmo local, Praça da Matriz, apropriado às festas e quermesses”, afirma o documento.

“Entretanto, o atual Prefeito, o Sr. Edifrâncio de Jesus Oliveira, resolveu inovar e transferiu o local da festa para em frente ao cemitério, a qual intitulou ‘SANJU DOS FINADOS”, numa clara manifestação de desprezo por estes, inclusive dificultando a entrada de eventual sepultamento que sobrevier no período festivo”.

“Para qualquer religião, tal comportamento é um acinte, um sacrilégio, afronta a memória dos mortos que ali repousam, a dor de quem chora a perda de ente querido, e soa como agressão e desrespeito ao descanso dos mortos e aos sentimentos dos vivos”, ressalta o texto.

POR: Rita Moraes
Publicado em 15/06/2023