ConexãoIn


Jiquiriçá recebe escola em tempo integral, com investimento de R$ 21 milhões; delegacia e companhia da PM também foram inauguradas

 

Em agenda no Vale do Jiquiriçá, no último sábado, 28, o governador Jerônimo Rodrigues entregou uma série de obras para a cidade de Jiquiriçá: escola de tempo integral, unidade conjugada das Polícias Civil e Militar, pavimentações de ruas em paralelepípedo, praça e sistema de esgotamento sanitário. Investimento do Estado de mais de R$ 26 milhões vai beneficiar toda a região.

 

 

O Colégio Estadual de Tempo Integral José Malta Maia, no Centro da cidade pelo governador, ao lado do prefeito João Fernando Alves. A obra, que teve investimento de quase R$ 21 milhões, foi realizada em parceria entre a Secretaria da Educação do Estado (SEC) e a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder). Essa é a unidade de ensino de número 55, sendo 30 novas e 25 reformadas e ampliadas, entregue somente em 2023, no valor de cerca de R$ 890 milhões. A estrutura conta com 12 salas de aula; quatro laboratórios; duas salas multifuncionais; biblioteca; teatro; restaurante estudantil; quadra poliesportiva coberta; campo de futebol society com pista de atletismo; espaço de vivências corporais; vestiários e banheiros. Na ocasião, também foi entregue um ônibus escolar.

 

Jerônimo destacou a importância do novo prédio. “A outra escola foi inundada e a população sofreu com isso. Então, além de estar oferecendo condições reais de uma escola com educação integral, estamos dando dignidade. Colocamos essa escola em uma posição segura, para que os estudantes, durante suas fases de estudos, não corram nenhum tipo de risco”, afirmou o governador.

 

No novo prédio, serão atendidos 619 alunos nos três turnos. Um deles é Bryan Silva, que revela que a expectativa é grande para estudar em um espaço com diversos recursos para o aprimoramento educacional. “Que a gente consiga desfrutar desse novo colégio e que seja bem prazeroso estudar aqui, com as experiências, que as novas matérias vão trazer”.

Representando a secretária Adélia Pinheiro, a chefe de gabinete da SEC, Rowenna Brito, falou sobre o investimento na educação com mais um colégio em tempo integral entregue. Para ela, uma grande contribuição para o ensino local. “Este equipamento representa uma melhoria na aprendizagem, pois vai possibilitar o avanço da qualidade da educação no município, e não apenas para os estudantes da rede estadual mas para toda a população estudantil de Jiquiriçá”, afirmou Rowenna.

 

 

 


Segurança Pública

Os jiquiriçaenses também foram contemplados com a inauguração das novas sedes da Delegacia Territorial (DT) e da 4ª Companhia (Jiquiriçá) do 14º Batalhão da Polícia Militar (BPM/Santo Antônio de Jesus), que vão aprimorar o trabalho das forças de segurança no município. O investimento foi de R$ 3 milhões, para atender uma população estimada em 13 mil pessoas que residem na cidade.

O secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner, reforça a importância dos investimentos do Governo baiano para qualificar, ainda mais, a atenção nesta área. “A pauta é I de investimento, seguindo os 3 Is. Além dos recursos humanos, estamos investindo também em infraestutura, para transformar o atendimento da segurança pública na Bahia”, afirmou Werner.

Ação do governo estadual já entregou, somente em 2023, 42 unidades das Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Cerca de R$ 650 milhões serão investidos em todo o projeto de modernização das unidades das forças de segurança, que prevê a entrega de cerca de 500 unidades em todo o estado.

 


Outras obras

Jerônimo deu por entregue o Sistema de Esgotamento Sanitário no Loteamento Pindoba e Lorena. A rede coletora tem aproximadamente 5.7 mil metros de extensão e 405 ligações de esgoto. O equipamento foi construído pela Secretaria estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento e contou com recurso de R$ 2.294.405,85.

Ele também autorizou a Secretaria estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), através da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), a celebrar convênio com o município visando a implantação do projeto de apoio à produção, com construção de unidade de processamento de farinha e derivados de mandioca. O investimento de quase R$ 850 mil beneficia 51 agricultores familiares.

Fotos: Mateus Pereira/GOVBA

POR: Rita Moraes
Publicado em 30/10/2023