ConexãoIn


INTS faz doação de chocolates para crianças e adolescentes carentes em Salvador e Lauro de Freitas

 

Com a proximidade da Páscoa, o Instituto de Responsabilidade Social do INTS (IRSI), realizou a arrecadação de caixas de chocolates para doação em instituições carentes de Salvador e Lauro de Freitas. As doações foram feitas pelos colaboradores do INTS e membros da Diretoria. Ao todo, foram doadas 275 caixas com bombons sortidos. Na manhã da última quinta-feira (28), as equipes de voluntariado estiveram na Associação Estrela da Manhã, localizada no bairro de Vida Nova/ Lauro de Freitas. Depois disso, foram para o Projeto X, localizado em Cosme de Farias. No período da tarde, a instituição visitada foi o Quilombo Aldeia, que fica no bairro de Paripe.

 

Além da entrega de chocolates, a atividade contou com pintura de desenhos, balões, pintura artística e muita animação do coelhinho da páscoa. A equipe do IRSI também aproveitou a oportunidade para levar alguns kits de saúde bucal para as crianças. A Analista de Projetos, Girlaine Pereira, conta que toda a ação foi pensada com muito carinho. De início, a ideia seria ajudar, pelo menos, uma instituição, mas com a boa adesão, conseguiu ampliar. “Ficamos muito felizes em ver que os colaboradores INTS apoiaram a ideia.  A contribuição de cada um fez a diferença. Ver o sorriso estampado no rosto das crianças é o melhor retorno que podemos ter”, comentou.

 

Dona Rita Santana, fundadora e presidente do Estrela da Manhã, estava muito satisfeita com a ação. O projeto atende, atualmente, 530 crianças e adolescentes, que vivem com a ajuda de empresas e amigos. “São 22 anos de história. Eu sempre acreditei e acredito que todas as pessoas que entram em nossa casa são anjos escolhidos por Deus. Então, eu fico muito emocionada ao ver essa ajuda que o IRSI trouxe para as crianças daqui. A minha palavra é gratidão”, disse.

 

Silvano Barbosa, pai de Sara (2 anos), conta que ela estava ansiosa por esse momento. “De início, ela ficou um pouco envergonhada, mas depois começou a brincar e interagir com o coelho e as outras crianças. Nós ficamos muito gratos e satisfeitos com essas iniciativas. Quando a gente vê nossos filhos felizes, também ficamos felizes. O IRSI está de parabéns!”, disse.

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 01/04/2024