ConexãoIn


Governo do Estado entrega pavimentações, equipamentos e assina ordens de serviço, em Alagoinhas

O governador Jerônimo Rodrigues realizou entrega de pavimentações, equipamentos e títulos de terra para produtores rurais, no município de Alagoinhas, no domingo, 7. Na ocasião, também foi assinada ordem de serviço para a pavimentação de trechos de entrocamentos da BR-101 com a BA-504. A obra será executada pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), com o investimento de R$ 27 milhões, e vai pavimentar 19 quilômetros dos acessos de Alagoinhas para as comunidades Capoeira, Limoeiro, Rio Branco e Mães Cirila.

Para Jerônimo, as recuperações de trechos de estradas têm alta relevância para o desenvolvimento regional e garantem a integração dos seus moradores em diversas atividades. “A gente trabalha com a inclusão e a interiorização do desenvolvimento. Uma comunidade dessa, importante para a região de Alagoinhas, precisa se comunicar, ter transporte escolar, viaturas, ambulância, acesso à cultura. Então, o papel de uma estrada como essa é dinamizar a economia, gerar emprego, gerar renda, dar conforto e segurança a quem vive nas zonas rurais”, declarou.

Na cidade de Alagoinhas, o governador entregou a recuperação da pavimentação do acesso da BR-101 entre o bairro Mangalô e as localidades de Sauípe e Jorge Amado. A obra, realizada pelo Governo do Estado, através Seinfra, e requalificou o total de 8,4 quilômetros com um investimento superior a R$ 8,2 milhões. Também foi inaugurado o trecho de acesso ao Parque São Bernardo, com mais de dois quilômetros de extensão em capa selante, que contou com R$ 1,6 milhão em recursos.

No distrito de Boa União, onde foi entregue recuperação da estrada que dá acesso à BR-101, o motorista Misael Dantas comemorou a redução no tempo das viagens “Antes, o ônibus levava uma hora, uma hora e meia para chegar até Alagoinhas. Agora, com essa reforma, vai ser de 30 minutos de ônibus e de carro vai para 15 minutos”. 

Para garantir maior trafegabilidade na região, o governador assinou ordem de serviço para a recuperação de 7,5 quilômetros da BA-504, no trecho Aramari/Alagoinhas, com implantação de ciclovia. Serão contemplados os municípios de Ouriçangas, Irará, Santanópolis, Pedrão e Araçás. Os recursos nesta intervenção é de mais de R$ 7,3 milhões.

Mais Saúde

Ainda em Alagoinhas, foram entregues uma ambulância e kits odontológicos para a Prefeitura. Na oportunidade, o governador anunciou a elaboração de um projeto para a construção do Hospital Regional de Alagoinhas (HRA), que vai atender aos moradores de 30 municípios que compõem a região. 

A secretária da Saúde, Roberta Santana, explica a fase atual do projeto. “Os estudos estão prontos, finalizados. Agora a gente vai para a etapa de topografia, e dentro dos próximos 15 a 20 dias, já devemos estar com essa documentação e dá início a elaboração do projeto em si, estimamos em 60 dias para finalizar e então licitar a obra”, detalhou. A execução da construção do hospital ficará a cargo da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

Desenvolvimento Rural

A comitiva do Governo do Estado também entregou a sede do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território do Litoral Norte e Agreste Baiano (CDSLNAB). No local, foram ainda entregues equipamentos dos Kits Produtivos com uatro Tanques de Resfriamento de Leite, 29 Kits para Irrigação, e 600 caixas de colmeias. Estes materiais fazem parte do convênio assinado entre a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa ligada à Secretaria estadual de Desenvolvimento Rural (SDR) e o CDSLNAB, através do programa Parceria Mais Forte. O investimento foi de R$ 5,6 milhões que beneficiaram produtores rurais de 18 municípios integrantes do consórcio.

Jerônimo entregou ainda 97 títulos de terra para agricultores de 13 municípios: Acajutiba, Alagoinhas, Aporá, Aracás, Conde, Crisópolis, Entre Rios, Inhambupe, Itapicuru, Jandaíra, Olindina, Pedrão e Rio Real. O documento garante segurança jurídica, possibilidade de sucessão rural e acesso a políticas públicas, inclusive, a de crédito.

 

A agricultora Maria Cristiane de Matos, do distrito de Riacho da Guia, esperou oito meses pelo documento que compara a certidão de um filho. “É tudo! É como se fosse um registro de um filho que acabou de nascer! Eu fico emocionada! A gente batalhou tanto na roça para conseguir e conseguiu. Tem tudo na vida para crescer e melhorar nossa vida”.

Ainda na área de desenvolvimento rural, a Bahia Pesca distribui 70 mil alevinos das espécies tambaqui e tilápia. Os filhotes dos peixes vão fomentar a produção de 140 piscicultores dos municípios de Conde, Crisópolis e Esplanada. Mais de 28 mil mudas de mandioca também foram distribuídas pela Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater). 

Fotos: Mateus Pereira/GOVBA

POR: Rita Moraes
Publicado em 08/05/2023