ConexãoIn


Novo relatório da Mastercard revela as principais tendências e oportunidades para a digitalização de remessas na América Latina e no Caribe

A Mastercard divulgou um whitepaper sobre a situação das remessas, também conhecidas como pagamentos internacionais, na América Latina. As remessas desempenham um papel fundamental no fortalecimento da inclusão financeira na região, impulsionando as economias e aliviando a pobreza – muitas vezes servindo como uma fonte essencial de renda para pessoas em comunidades de baixa e média rendas. De acordo com as Nações Unidas, 800 milhões de pessoas em todo o mundo (ou cerca de uma em cada 10) vivem em lares que recebem remessas internacionais. Na América Latina, as remessas cresceram mais rapidamente do que em âmbito global (10% ao ano desde 2014, em comparação com 4% em âmbito global).

 

De acordo com as projeções, 2024 marcará uma mudança para mais velocidade, simplicidade e segurança, à medida que as remessas digitais começarem a superar o envio de dinheiro físico através das fronteiras. Após vários anos de digitalização acelerada, os consumidores latino-americanos agora têm alta penetração de celulares, maior acesso à Internet e menos pessoas sem acesso ou com acesso insuficiente a serviços bancários, o que está impulsionando o crescimento das remessas digitais na região. Na verdade, como essas tendências continuam a moldar a agenda digital na América Latina, espera-se que elas gerem mais US$ 20 bilhões em remessas digitais até 2026.
‍‍‏‎
Nos últimos anos, foram introduzidos novos participantes no setor, incluindo fintechs, carteiras digitais, empresas de blockchain e outras empresas de tecnologia, respondendo às tendências observadas no setor de remessas da América Latina:

  • O corredor Estados Unidos-México é o maior canal de remessas do mundo, com um volume de 65 mil milhões de dólares em 2023.
  • Em El Salvador, 2 em cada 10 famílias que recebem remessas vivem na pobreza.
  • Na Guatemala, pelo menos 1 em cada 3 famílias considera as remessas sua principal fonte de rendimento.
  • Em Honduras, os beneficiários de remessas representam cerca de 50% de todos os agregados familiares.
  • Na América do Sul, a inflação e a instabilidade política são motores dos fluxos migratórios e de remessas, que muitas vezes utilizam fintech e cadeias de blocos para evitarem os problemas que surgem quando se utiliza o sistema tradicional.

 

Pontos problemáticos da adoção

Apesar do enorme volume e do impacto positivo das remessas, o sector continua a enfrentar desafios substanciais que limitam a digitalização e a adoção totais, incluindo a falta de transparência, de confiança e de segurança no sistema, experiências digitais deficientes para os utilizadores e velocidade de transação lenta. Além disso, lidar com a regulamentação talvez seja uma das questões mais prementes, dada a falta de consistência jurídica, regulamentar e operacional entre as jurisdições globais.
‍‍‏‎
Ainda existe uma lacuna de exclusão financeira que afeta as comunidades carentes ou não bancarizadas. De acordo com o relatório global Mastercard Borderless Payment 2023, mais de um terço dos entrevistados disse que suas famílias têm opções limitadas para acessar o dinheiro que envia, e quase um em cada quatro concorda que sua família precisa viajar muito para acessar seus fundos.
‍‍‏‎
Isso revela a exclusão financeira e digital, bem como a infraestrutura financeira e digital subdesenvolvida (por exemplo, falta de cobertura 4G, baixa penetração de smartphones e ausência de bancos ou agentes de varejo de remessas) presentes na região.

 

Preparando-se para o futuro das remessas
Para atender às demandas dos consumidores e realizar os avanços digitais necessários para viabilizar a adoção de remessas, as empresas e os provedores precisam:
Adaptar as soluções digitais a um ambiente de dinheiro vivo: as empresas de remessas devem permitir que os destinatários usem o dinheiro como quiserem – digitalmente ou em espécie;

  • Proporcionar transparência e segurança nas transações e, ao mesmo tempo, eliminar preocupações: as empresas devem comunicar claramente os preços antes de executarem uma transação, bem como indicar o prazo previsto para a liquidação;
  • Criar confiança por meio de conformidade regulatória e inovação digital: as empresas devem permitir uma integração mais rápida do cliente e reduzir o tempo de processamento com ferramentas digitalizadas de KYC (conheça seu cliente);
  • Oferecer prêmios a clientes fiéis e educação financeira: os provedores devem compartilhar informações educacionais e oferecer pontos pós-transação, milhas, descontos, cartões-presente e/ou outros benefícios;
  • Oferecer valor cotidiano e conveniência clara em relação ao dinheiro: os provedores devem enfatizar a conveniência dos pagamentos digitais e demonstrar porque as remessas digitais e os serviços internacionais oferecem mais valor no dia a dia.

As soluções inovadoras da Mastercard permitem que seus clientes movimentem dinheiro e dados de forma rápida e segura. Utilizando o portfólio de soluções internacionais de transferência de dinheiro da Mastercard, o Mastercard Move, as instituições financeiras participantes podem oferecer aos seus clientes pagamentos internacionais para mais de 180 países. Isso inclui uma rede global de pagamentos de mais de 150 moedas que impacta 95% da população bancária mundial. O Mastercard Move atinge quase 10 bilhões de terminais em todo o mundo, incluindo contas bancárias, cartões, carteiras e locais de pagamento em dinheiro. O portfólio combina o poder dos recursos atuais e futuros de transferência de dinheiro da Mastercard, incluindo os serviços Mastercard Send e Mastercard Cross-Border.
‍‍‏‎
A versão completa de Future of Remittances in Latin America está disponível para download aqui.

 

 

***

 

Sobre Mastercard (NYSE: MA) www܂mastercard܂com

A Mastercard é uma empresa global de tecnologia do setor de pagamentos. Nossa missão é conectar e impulsionar uma economia digital inclusiva que beneficie a todos, em todos os lugares, tornando as transações seguras, simples, inteligentes e acessíveis. Usando dados e redes seguras, parcerias e paixão, as nossas inovações e soluções ajudam indivíduos, instituições financeiras, governos e empresas a alcançar seu maior potencial. Com conexões em mais de 210 países e territórios, estamos construindo um mundo sustentável que abre possibilidades Priceless para todos.

POR: Rita Moraes
Publicado em 28/05/2024