ConexãoIn


Festival 3i vai debater jornalismo, inteligência artificial e eleições 2024

 

O impacto da inteligência artificial no jornalismo e na sociedade, o impasse na regulamentação das redes sociais no Brasil, a remuneração da imprensa pelas big techs e a cobertura das eleições 2024 estão entre os temas da 5ª edição do Festival 3i, um dos principais encontros de jornalismo e empreendedorismo da América Latina. Organizado pela Associação de Jornalismo Digital (Ajor), o evento será de 13 a 15 de junho, no Rio de Janeiro.

 

 

“Estamos felizes em realizar mais uma edição nacional do Festival 3i, já parte do calendário de eventos de jornalismo na América Latina. Somamos novos formatos ao encontro com a intenção de dar mais visibilidade a pesquisas sendo produzidas sobre o campo, que sabemos que está em constante transformação”, explica Maia Fortes, diretora-executiva da Ajor. “Para isso, vamos contar com a presença de especialistas nacionais e internacionais. O Festival 3i tem o papel de destacar o que de mais inovador acontece no jornalismo para trazer perspectivas para o futuro”.

Para enriquecer o debate com perspectivas nacionais e internacionais, o Festival 3i contará com especialistas do Brasil e do exterior. A programação terá a espanhola Laura Becana Ball, do Global Forum for Media Development e coordenadora do grupo de trabalho European Media Freedom Act, a lei europeia de liberdade de imprensa; Anna Brugmann, diretora de políticas da Rebuild Local News, que busca revitalizar o jornalismo local nos EUA; o canadense Taylor Owen, diretor-fundador do Centro de Mídia, Tecnologia e Democracia da McGill University; a americana Anya Schiffrin, diretora de especialização em tecnologia, mídia e comunicações da Universidade de Columbia (EUA), conhecida internacionalmente por seu trabalho sobre sustentabilidade e impacto de mídias e por sua pesquisa sobre políticas de meios de comunicação; e o sul-africano Michael Markovitz, do GIBS Media Leadership Think Tank, plataforma de pesquisa e advocacy para os meios de comunicação africanos.

 

Outros nomes confirmados são Nina Santos, diretora do Aláfia Lab, laboratório que promove interação entre política digital e vida cotidiana; Theo Ruprecht, apresentador do podcast Ciência Suja; Fabiana Moraes, colunista do The Intercept Brasil; e Taís Gasparian, fundadora do Instituto Tornavoz. Os palestrantes vão trazer suas experiências e opiniões em temas atuais, como políticas públicas de fomento ao jornalismo no mundo e a liderança de mulheres em veículos locais e periféricos.

 

Esta edição do Festival 3i recebe ainda representantes de veículos sul-americanos, a exemplo do paraguaio Alejandro Valdez, do El Surtí e do mexicano Mauricio Cabrera, do Story Baker. Entre os veículos nacionais, destacam-se Mobile Time, Revista AzMina, Data_labe, Ambiental Media, InfoAmazonia, Aos Fatos, Marco Zero Conteúdo, Alma Preta e Agência Pública.

 

Além de painéis de debates, workshops e apresentações de cases que geram reflexões sobre o futuro da profissão, o Festival 3i estreia, este ano, um novo formato: Dados e Tendências, apresentações que pretendem fortalecer a divulgação de pesquisas sobre o jornalismo. Um dos destaques é o estudo da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) sobre o uso da inteligência artificial por jornalistas brasileiros, que vai ser divulgado em primeira mão durante o evento.
O encontro também será palco do lançamento do Oasis, projeto de investigação sobre a sustentabilidade, a inovação e o impacto das organizações de jornalismo digital independentes em mais de 40 países da Europa. Pela primeira vez, veículos brasileiros foram incluídos no diretório global da plataforma por meio da colaboração com a Associação de Jornalismo Digital (Ajor). Na ocasião, serão apresentados os principais resultados da pesquisa, cujo objetivo é dar visibilidade aos meios de comunicação nativos digitais independentes e mapear tendências, oportunidades e desafios no setor.

 

“O Oasis é um levantamento ímpar sobre o ecossistema de jornalismo nativo digital no Brasil. Conseguimos fazer um raio-x nos cenários de financiamento, dificuldades, equipe e experiências em mais de 150 organizações que produzem jornalismo original. Os resultados são fundamentais para que possamos pensar em políticas públicas, formações e incentivos para o jornalismo digital no país”, afirma Marcelo Fontoura, coordenador do Projeto Oasis no Brasil.

 

Como participar do 3i

 

5ª edição do Festival 3i acontece nos dias 13 e 14 de junho, na Casa Firjan, em Botafogo, e no dia 15, na Facha, também em Botafogo. Os ingressos já estão à venda no site. O passaporte para os três dias custa R$ 250 a entrada inteira e R$ 125 a meia. A compra para apenas um dos dias também está disponível por R$ 150 a inteira e R$ 75 a meia entrada. Os participantes receberão certificado.

 

Realizado desde 2017, o Festival 3i já teve quatro edições nacionais: três no Rio e uma virtual, durante a pandemia. O 3i também produziu quatro eventos regionais, que discutiram temáticas locais, além dos desafios relacionados à inovação no jornalismo.

 

Festival 3i é uma realização da Associação de Jornalismo Digital (Ajor). Esta edição conta com o apoio do Google, Luminate, Ford Foundation, Oak Foundation, Instituto Serrapilheira e corealização da Cardápio de Ideias Comunicação e Eventos.
A Ajor

 

A Associação de Jornalismo Digital (Ajor) representa mais de 100 organizações brasileiras de jornalismo digital, trabalhando para fortalecê-las institucionalmente. Foi fundada em 3 de maio de 2021, Dia Internacional da Liberdade de Imprensa, por um grupo de 30 iniciativas de mídia de várias partes do país e diferentes eixos de atuação. Entre elas, estavam as organizações responsáveis por criar o Festival 3i de Jornalismo, em 2017. A Ajor existe para impulsionar o crescimento e o fortalecimento de organizações que lideram a renovação e a reinvenção do jornalismo no Brasil. A entidade atua em três frentes principais: fomento ao empreendedorismo, defesa da liberdade de imprensa e da democracia e promoção da diversidade.
Credenciamento da imprensa

 

Jornalistas interessados em fazer a cobertura do evento devem enviar nome, veículo e contato para cirocavalcante@corcovadoestrategica.com.br.

POR: Rita Moraes
Publicado em 11/05/2024