ConexãoIn


Danone Brasil, Pão de Açúcar e Green Mining lançam programa para incentivar consumidores à reciclagem

Estação Recicle & Ganhe Danone, unidade Roberto Marinho. Foto por Renata Tucci

 

São Paulo, Junho de 2024 – Como resultado do seu programa de inovação aberta Fermenta Impacto+ para acelerar iniciativas que são Tudo de Bom, Tudo Bem e impactar positivamente a saúde das pessoas e do planeta, a Danone Brasil está lançando a Estação Recicle e Ganhe Danone, em parceria com a Green Mining e o Pão de Açúcar. A partir desse mês, consumidores poderão descartar embalagens e outros materiais recicláveis em estações de reciclagem que utilizam uma nova solução tecnológica para leitura dos resíduos. Com a impressão de uma etiqueta QR Code, que identifica as sacolas de recicláveis descartadas na estação, é gerado um cupom instantâneo pela participação com desconto em produtos Danone nas lojas participantes e no e-commerce do Pão de Açúcar, além de um desconto bônus, acumulativo de acordo com a quantidade que é depositada.

 

“A Danone é Tudo de Bem e promover uma economia mais circular faz parte dos objetivos da nossa Jornada de Impacto globalmente. Aqui no Brasil, estamos acelerando esse compromisso com a frente Danone Circula, que investe em projetos inovadores com foco em soluções de circularidade que aumentem a reciclabilidade das nossas embalagens, fomentem uma cadeia mais circular de baixo carbono e gerem um impacto positivo para as pessoas e para o planeta. Com a ação ‘Recicle & Ganhe’ queremos também engajar consumidores, que são um elo importante no pós-consumo e para o descarte correto de resíduos”, diz Scheilla Montanari, Gerente de Sustentabilidade da Danone Brasil.

 

Um dos maiores desafios para o meio ambiente e para o país é o descarte inadequado de embalagens pós-consumo. É isso o que mostra o estudo Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2023, divulgado pela Associação Brasileira de Resíduos e Meio Ambiente (ABREMA). A pesquisa aponta que aproximadamente 33,3 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos tiveram destinação inadequada em 2022, ou seja, quase 40% de todo o lixo gerado no Brasil não recebeu o destino correto.

 

Para promover a responsabilidade compartilhada entre fabricantes e consumidores na gestão dos resíduos, a Danone se uniu ao Pão de Açúcar, rede de varejo premium do GPA, para viabilizar essa tecnologia da Green Mining em estações de reciclagem piloto oferecendo uma recompensa a consumidores participantes no formato “Recicle & Ganhe”, que permite trocar resíduos por cupons para aquisição de produtos da marca Danone, como Danoninho, Activia, YoPRO, entre outros.

 

Nessa primeira fase do projeto, que está sendo testado antes de ganhar escala, a estação ‘Recicle & Ganhe’ ficará disponível em uma loja do Pão de Açúcar na zona sul da capital. Para participar, é preciso se cadastrar no site do Pão de Açucar e no aplicativo da Green Mining. Chegando ao local, haverá um dispositivo para que cada pessoa participante digite o seu CPF cadastrado e receba uma etiqueta com um QR Code, que deverá ser colada na sacola com os resíduos. Podem ser entregues materiais como vidro, plástico, metal, longa vida, papel e papelão.

 

Com o saco de recicláveis identificado, basta deixar os materiais na estação ‘Recicle & Ganhe Danone’. Uma vez coletados, eles são pesados, contabilizados e geram cupons de desconto para uso nas lojas físicas participantes ou no site e app do Pão de Açúcar. Unimos a tecnologia e sustentabilidade para garantir a rastreabilidade da logística reversa e otimizar a atuação de todos os elos envolvidos na cadeia de reciclagem”, explica Rodrigo Oliveira, CEO da Green Mining.  

 

A parceria também está em linha com a estratégia de sustentabilidade do GPA e, especialmente, da rede Pão de Açúcar, que há mais de 20 anos disponibiliza estações de reciclagem em suas lojas no Brasil e estimula o consumo consciente, além de ter como compromisso o combate às mudanças climáticas e o incentivo à economia circular de baixo carbono. “Temos o compromisso de promover ações efetivas para o descarte consciente de resíduos e essa nova iniciativa é mais um importante passo em direção aos nossos objetivos de contribuir com o combate às mudanças climáticas. Ficamos muito felizes por sermos pioneiros na criação de programas de logística reversa no varejo alimentar, e acreditamos que essas iniciativas refletem nosso trabalho constante de inovação atrelado a sensibilização ambiental de nossos clientes, contribuindo na construção de um futuro mais sustentável”, afirma Renata Amaral, Gerente de Sustentabilidade e Impacto Social do GPA.

Danone Circula

 

Recentemente, a Danone Brasil reformulou sua atuação em economia circular para acelerar sua contribuição local com os compromissos e metas globais que guiam sua Jornada de Impacto. E o projeto “Recicle & Ganhe” faz parte dessa estratégia. “Além de oferecer um portfólio cada vez mais saudável, também estamos em uma jornada para que nossas embalagens sejam mais circulares e estamos entregando mais de 80% do nosso portfólio reciclável no Brasil em 2024”, explica Patricia Levy, Diretora de Pesquisa e Desenvolvimento da Danone Brasil.

 

Com a meta global de oferecer 100% de embalagens recicláveis até 2030, a empresa também tem o compromisso de reduzir pela metade o uso de embalagens virgens de origem fóssil até 2040 (com redução de 30% até 2030) e liderar o desenvolvimento de sistemas de coleta eficazes para recuperar o máximo de plástico que coloca no mercado até 2040. “Tudo isso está fundamentado em nossa essência Tudo de Bom, Tudo de Bem e em nosso compromisso como Empresa B”, afirma Levy.

 

“Cada uma dessas frentes compõem a plataforma Danone Circula, que conta com iniciativas pioneiras e projetos piloto inovadores, cujos objetivos são acelerar a transição da empresa rumo a um sistema de embalagem circular e de baixo carbono, recuperando tanto​ quanto utiliza de materiais, além de reduzir os desperdícios em toda a sua cadeia de valor, mantendo o investimento no apoio a catadoras e catadores de materiais recicláveis, algo que fazemos há mais de 14 anos”, detalha Montanari.

 

Outro exemplo recente, é o desenvolvimento da garrafa Danone Tudo de Bom, Tudo de Bem, que intensificou as pesquisas da companhia para a retirada do pigmento branco de suas embalagens PET, a fim de aumentar a reciclabilidade e o valor de reciclagem do material, gerando assim mais renda a catadoras e catadores. Além do lançamento do piloto do projeto Reciclagem de Bandejas de Iogurtes, desenvolvido em parceria com a Yattó, startup especializada em soluções de reciclagem para materiais complexos, que recuperou mais de 34 toneladas PS nas cooperativas, o equivalente a 13 milhões de copinhos, de maio a dezembro de 2023.

 

 

Parceria com startups para um impacto positivo

 

Desde 2023, a Danone investe no programa Fermenta Impacto+, sua iniciativa de inovação aberta voltada para implementação de soluções de startups de impacto positivo. No ano passado, a companhia selecionou, em parceria com o Quintessa – aceleradora de impacto pioneira do país – projetos de startups para desenvolverem iniciativas “Tudo de Bom, Tudo de Bem” para a saúde das pessoas e do planeta, contribuindo com o alcance de metas da Jornada de Impacto da companhia. Uma das selecionadas foi a Green Mining, especializada em tecnologia de Logística Reversa Inteligente para fomentar a recuperação de embalagens pós-consumo de forma eficiente e trazê-las de volta para o ciclo de produção, incluindo consumidores nesse processo.

 

SERVIÇO

Estação Recicle & Ganhe Danone

Loja participante:

Pão de Açúcar – Unidade Roberto Marinho

Endereço: Avenida Jornalista Roberto Marinho, 3000 – Cidade Monções

 

Em breve novas lojas serão divulgadas.

 

Sobre a Green Mining

A Green Mining é uma startup pioneira em logística reversa inteligente e uma das selecionadas, em todo o mundo, pela cervejaria Ambev por meio do programa 100+ Accelerator. Desde 2018, já coletou e encaminhou para reciclagem mais de 7,7 milhões de quilos de embalagens pós-consumo e evitou a emissão de 1,2 milhão quilos de CO₂. Integrante do grupo de empresas do Pacto Global da ONU, maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, participou da COP26 e do World Economic Forum 2023 apresentando seus projetos e soluções de rastreabilidade com tecnologia blockchain.

Premiações: Vencedora do ‘Better World Award’, realizado na Bélgica; da competição mundial de Ideias de Negócios Verdes da Climate Ventures e da 1ª edição brasileira do evento europeu Greentech Challenge. Por dois anos consecutivos, a startup foi premiada no Ranking 100 Open Startups, entrando para o TOP 10 na categoria CleanTechs em 2021 e CityTechs em 2022 e 2023. Além de ser ganhadora do prêmio inglês Latam Edge Awards em 2022.

POR: Rita Moraes
Publicado em 10/06/2024