ConexãoIn



Filme brasileiro é premiado no Festival de Cinema de Berlim

Dirigido por Caru Alves de Souza, o filme retrata o cotidiano da jovem skatista Bagdá, interpretada por Grace Orsato, na cidade de São Paulo. O júri afirmou que foi unânime na escolha do vencedor.

Ao argumentar a decisão, o júri disse ser impossível “não ser conquistado pela protagonista e sua comunidade e, da mesma maneira, era impossível esquecer o auge gloriosos e poderoso deste filme”. “É uma prova de que a vida pode não nos proporcionar milagres, mas podemos superar todos os obstáculos se seguirmos nossa paixão”, acrescentou.

De acordo com a diretora do longa, Meu nome é Bagdá “é um filme sobre solidariedade entre mulheres e sobre as dificuldades que elas enfrentam no dia a dia”.

POR: Rita Moraes
Publicado em 29/02/2020