ConexãoIn

O homem que matou quatro pessoas em um consultório médico em Tulsa, no estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, e se matou depois, agiu por motivo de vingança, de acordo com a polícia local. O atirador passou recentemente por uma cirurgia nas costas e ligou para a clínica repetidamente reclamando de dor. Segundo a polícia, o rapaz comprou um rifle estilo AR horas antes de abrir fogo, matando o cirurgião e outras três pessoas antes de se matar com um tiro.

POR: Rita Moraes
Publicado em 02/06/2022