ConexãoIn

CEO que demitiu 900 pessoas por chamada de video e em 2 minutos volta ao trabalho nos EUA

POR: Rita Moraes
Publicado em 20/01/2022