ConexãoIn


Justiça condena ator a 6 anos de prisão por estuprar colega de elenco

Os atores em foto de divulgação da peça 

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região, em São Paulo, condenou, na segunda-feira, 10, o ator argentino Juan Darthés a seis anos de prisão pelo estupro da atriz Thelma Fardin quando ela tinha 16 anos e ele, 44.

 

 

“É uma vitória muito importante porque é uma decisão condenatória em que (…) por maioria entenderam a materialidade da autoria do crime de estupro com pena de seis anos, que é a pena mínima de estupro no Brasil”, disse a advogado Carla Junqueira ao canal La Nación +.

 

 

A sentença foi apoiada por dois juízes contra um no TRF-3, que em fevereiro havia anulado o processo judicial ao considerar que a competência seria da Justiça de São Paulo, na esfera estadual, mas reverteu sua decisão em março e retomou o caso.

Junqueira esclareceu que a sentença ainda não é definitiva e que Darthés pode recorrer no mesmo tribunal e, posteriormente, à terceira instância. Enquanto isso, o ator seguirá em liberdade.

Fardin, de 31 anos, denunciou Darthés em dezembro de 2018 ao Ministério Público da Nicarágua pelo crime de estupro em um quarto de hotel em 2009. Na época, os dois participavam de uma turnê em Manágua como parte do elenco da popular novela infantil “Patito Feo”.

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 11/06/2024